De Volta Ao Planeta
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin)
Jota Quest Edições Musicais
Lá fora,
Todos os corações procuram a sua órbita
Novas propostas pro mundo

Novos encaixes pras coisas
Que ainda não estão no lugar
Atento às diversidades
Em busca da chacrete espacial
É preciso provar das loucuras
Ativar novas possibilidades
De volta ao planeta dos macacos

Nana Banana Nanananana Banana
Nana Banana Nanananana Banana

Macacada reunida
Rapaziada sambando, xingando
Rodando na pista
Macacada reunida
Galera pelejando e dançando
Procurando uma saída

É... cê não tá sabendo não?
Agora é lei: "Cada macaco no seu galho".

Nana Banana Nanananana Banana
Nana Banana Nanananana Banana

Que tá faltando emprego no planeta dos macacos

Nana Banana Nanananana Banana
Nana Banana Nanananana Banana

Que tá faltando emprego no planeta.
Originalmente gravada em 1998 no CD De Volta Ao Planeta
O Sol
(Antônio Júlio)
Tapajós (EMI)
Ei, dor!
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada
Ei, medo!
Eu não te escuto mais
Você não me leva a nada

E se quiser saber
Pra onde eu vou
Pra onde tenha Sol
É pra lá que eu vou
Originalmente gravada em 2005 no CD Até Onde Vai
Palavras de Um Futuro Bom
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin, Natalia Rodrigues)
Jota Quest Edições Musicais
Anda, enquanto o dia acorda agente ama,
Tô pronto pra te ouvir aqui na cama!
Te espero vamos rir de todo mundo
Nesse quarto tão profundo... Lá, Lá, Lá...
Para, repara tente ver a tua cara
Contemple esse momento é coisa rara
Uma emoção assim só se compara
A tudo que nós já passamos juntos... Lá, Lá, Lá...

Preciso tanto aproveitar você
Olhar teus olhos, Beijar a tua boca
Ouvir palavras de um futuro bom
Preciso tanto aproveitar você
Olhar teus olhos, beijar tua boca...
Dizer palavras de um futuro bom...

Anda, enquanto o dia acorda agente ama,
Tô pronto pra te ouvir aqui na cama
Te espero vamô rir de todo mundo...
Nesse quarto tão profundo... Lá, Lá, Lá...
Para, repara tente ver a tua cara...
Contemple esse momento é coisa rara
Uma emoção assim só se compara
A tudo que nós já passamos juntos
Nesse quarto em um segundo...

Preciso tanto aproveitar você
Beijar teus olhos, Olhar tua boca
Dizer palavras de um futuro bom
Dizer palavras de um futuro bom
Preciso tanto aproveitar você
Beijar teus olhos, Olhar tua boca
Ouvir palavras de um futuro bom

Palavras, Palavras de um futuro bom...
Palavras, Palavras, Palavras
Originalmente gravada em 2005 no CD Até Onde Vai
Fácil
(Márcio Buzelin, Marco Túlio Lara, Paulinho Fonseca, Paulo Diniz, Rogério Flausino, Wilsinho Oliveira)
Sony Music/ATV
Tudo é tão bom e azul
E calmo como sempre
Os olhos piscaram de repente
Um sonho
As coisas são assim
Quando se está amando
As bocas não se deixam
E o segundo não tem fim

Um día feliz
és vezes é muito raro
Falar é complicado
Quero uma canção
Fácil, extremamente fácil
Pra você, e eu e todo mundo cantar junto
Fácil, extremamente fácil
Pra você, e eu e todo mundo cantar junto

Tudo se torna claro
Pateticamente pálido
O coração dispara
Se eu vejo o teu carro
A vida é tão simples
Mas dá medo de tocar
As mãos se procuram sós

Como a gente mesmo quis
Um día feliz
és vezes é muito raro
Falar é complicado
Quero uma canção
Fácil, extremamente fácil
Pra você, e eu e todo mundo cantar junto
Fácil, extremamente fácil
Pra você, e eu e todo mundo cantar junto
Originalmente gravada em 1998 no CD De Volta Ao Planeta
Só Hoje
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin, Fernanda Mello)
Jota Quest Edições Musicais, Sony Music/ATV
Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito
Nem que seja só pra te levar pra casa
Depois de um dia normal...
Olhar teus olhos de promessas fáceis
E te beijar a boca de um jeito que te faça rir
(que te faça rir)

Hoje eu preciso te abraçar...
Sentir teu cheiro de roupa limpa...
Pra esquecer os meus anseios e dormir em paz!

Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua!
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...
Em estar vivo.

Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar...
Me dizendo que eu sou o causador da tua insônia...
Que eu faço tudo errado sempre, sempre.

Hoje preciso de você

Com qualquer humor, com qualquer sorriso
Hoje só tua presença
Vai me deixar feliz
Só hoje

(solo)

Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua!
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...
Em estar vivo.

Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar...
Me dizendo que eu sou o causador da tua insônia...
Que eu faço tudo errado sempre, sempre.
Originalmente gravada em 2001 no CD Discotecagem Pop Variada
Amor Maior
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin)
Jota Quest Edições Musicais
Eu quero ficar só, mas comigo só eu não consigo
Eu quero ficar junto, mas sozinho só não é possível
É preciso amar direito, um amor de qualquer jeito
Ser amor a qualquer hora, ser amor de corpo inteiro
Amor de dentro pra fora, amor que eu desconheço

Quero um amor maior, um amor maior que eu
Quero um amor maior, um amor maior que eu

Eu quero ficar só, mas comigo só eu não consigo
Eu quero ficar junto, mas sozinho só não é possível
É preciso amar direito, um amor de qualquer jeito
Ser amor a qualquer hora, ser amor de corpo inteiro
Amor de dentro pra fora, amor que eu desconheço

Quero um amor maior, um amor maior que eu, que eu
Quero um amor maior, um amor maior que eu

Então seguirei meu coração até o fim pra saber se é amor
Magoarei mesmo assim mesmo sem querer pra saber se é amor
Eu estarei mais feliz mesmo morrendo de dor
Pra saber se é amor, se é amor

Quero um amor maior, um amor maior que eu, que eu
Quero um amor maior, um amor maior que eu
Um amor maior que eu, maior que eu, um amor maior que eu
Originalmente gravada em 2003 no CD Ao Vivo MTV
O Que Eu Também Não Entendo
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin, Fernanda Mello)
Jota Quest Edições Musicais, Sony Music/ATV
Essa não é mais uma carta de amor
São pensamentos soltos
Traduzidos em palavras
Pra que você possa entender
O que eu também não entendo

Amar não é ter que ter
Sempre certeza
É aceitar que ninguém
É perfeito pra ninguém
É poder ser você mesmo
E não precisar fingir
É tentar esquecer
E não conseguir fugir, fugir

Já pensei em te largar
Já olhei tantas vezes pro lado
Mas quando penso em alguém
É por você que fecho os olhos
Sei que nunca fui perfeito
Mas com você eu posso ser
Até eu mesmo
Que você vai entender

Posso brincar de descobrir
Desenho em nuvens
Posso contar meus pesadelos
E até minhas coisas fúteis
Posso tirar a tua roupa
Posso fazer o que eu quiser
Posso perder o juízo
Mas com você
Eu tô tranquilo, tranquilo

Agora o que vamos fazer
Eu também não sei
Afinal, será que amar
É mesmo tudo?
Se isso não é amor
O que mais pode ser?
Tô aprendendo também

Já pensei em te largar
Já olhei tantas vezes pro lado
Mas quando penso em alguém
É por você que fecho os olhos

Sei que nunca fui perfeito
Mas com você eu posso ser
Até eu mesmo
Que você vai entender

Posso brincar de descobrir
Desenho em nuvens
Posso contar meus pesadelos
E até minhas coisas fúteis
Posso tirar a tua roupa
Posso fazer o que eu quiser
Posso perder o juízo
Mas com você
Eu tô tranquilo, tranquilo

Agora o que vamos fazer?
Eu também não sei!
Afinal, será que amar
É mesmo tudo?
Se isso não é amor
O que mais pode ser?
Estou aprendendo também
Originalmente gravada em 2000 no CD Oxigênio
O Vento
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin)
Jota Quest Edições Musicais
Voe por todo mar e volte aqui
Voe por todo mar e volte aqui
Pro meu peito...

Se você foi, vou te esperar
Com o pensamento que só fica em você

Aquele dia, um algo mais
Algo que eu não poderia prever
Você passou perto de mim
Sem que eu pudesse entender
Levou os meus sentidos todos pra você

Mudou a minha vida e mais
Pedi ao vento pra trazer você aqui
Morando nos meus sonhos e na minha memória
Pedi ao vento pra trazer você pra mim

Vento traz você de novo
Vento faz do meu mundo um novo
E voe por todo o mar e volte aqui
E voe por todo o mar e volte aqui
Pro meu peito...
Originalmente gravada em 1998 no CD De Volta Ao Planeta
Encontrar Alguém
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin)
Sony Music/ATV
Encontrar alguém
Encontrar alguém
Encontrar alguém, que me dê amor
Encontrar alguém
Encontrar alguém
Encontrar alguém, que me dê amor

Da esquina eu vi o brilho dos teu olhos
Tua vontade de morrer de rir
Teus cabelos tentaram esconder

Mas vi tua boca feliz
Tua alma leve como as fadas
Que bailavam no teu peito
Tua pele clara como a paz
Que existe sim em todo sonho bom
Quis matar os seus desejos
Ver a cor dos teus segredos
E contar pra todo mundo
Do beijo que eu nunca esqueci
Originalmente gravada em 1996 no CD J. Quest
Ônibusfobia
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin, Dudu Marote)
Sony Music/ATV
Ah isso aqui ta muito bom
Ah isso aqui ta bom de mais
Burrup
Mais que nervoso estou
Burrup
Sou neurastênico
Burrup
Preciso me casar

Se não eu vou pra
E Jacarepaguá é longe pra caramba
Jacarepaguá só se eu tiver de carro
Jacarepaguá só se eu tiver na Barra
Se não não vou nem se amarrado

Ah isso aqui ta muito bom
Ah isso aqui ta bom de mais
Ah isso aqui ta muito bom
Ah isso aqui ta bom de mais

É como se eu estivesse em
Pegando um balaio lá pra casa
Do paulinho pra mais um ensaio
Da pra
Com um trânsito danado
Na Avenida Catalão

É como se eu tivesse em
Num calor retado no buzu de
Como se eu tivesse em
Pegando um baita frio
Dentro de um bus pro

Como se eu tivesse em
E tivesse que ir de bumba
De a
Ficando só de pé
Ou enquadrando a bunda
Desesperado pra chegar

E é longe pra caramba
Carapicuíba só se for de carro
Carapicuíba só se for de
Originalmente gravada em 1996 no CD J. Quest
Na Moral
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin, Wilson Sideral, Play)
Sony ATV, Universal Music Publishing, Tapajós (EMI)
Na moral, na moral (só na moral)
Na moral

Vivendo de folia e caos
Quebrando tudo, pra variar

Vivendo entre o sim e o não
Levando tudo na moral

Uma manchete de jornal
Não vou deixar, me abalar

Mais uma noite, carnaval
No brasil, só na moral

Refrão (2x)

Viver entre o medo e a paz
Pode fazer pensarmos mais

No que a gente pode fazer
Pra ficar vivo, pra variar

Quando tudo parece não ter lógica
Bombas de amor, tiros de amor, drogas de amor

Qualquer paranóia vai virar prazer de viver...
Originalmente gravada em 2001 no CD Discotecagem Pop Variada
Dias Melhores
(Paulinho Fonseca, Rogério Flausino, Paulo Diniz, Marco Túlio, Márcio Buzelin)
Jota Quest Edições Musicais
Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos para trás

Vivemos esperando
O dia em que seremos melhores
Melhores no amor, melhores na dor
Melhores em tudo

Vivemos esperando
O dia em que seremos para sempre
Vivemos esperando
Dias melhores pra sempre
Originalmente gravada em 2000 no CD Oxigênio
ROCK YOUR BABIES COLETÂNEAS COLEÇÕES NA MÍDIA LOJA
ROCK YOUR BABIES COLETÂNEAS COLEÇÕES NA MÍDIA LOJA
Clique para ver como era a música na versão original e como ela ficou no arranjo Rock Your Babies

(atenção: os sons de crianças e bebês nestes audios não constam das canções existentes nos CDs)
O Jota Quest veio de mansinho, como bom mineirinho, e conquistou o país todo com sua música alegre e divertida. Rock Your Babies tinha que fazer um CD para homenageá-los e encantar pais e filhos. A nossa aventura musical começa no espaço. De Volta Ao Planeta reúne a macacada para uma festa só. Pra começar bem o dia, A gente ouve O Sol, que rima com praça, parque, brincadeiras e encontros com outros bebês. Bateu um soninho? Pegue seu filhote no colo e cante Palavras de Um Futuro Bom. O Jota tem o poder de fazer canções que todos aprendem a partir da primeira audição. É o caso de Fácil, que um dia você verá todos cantando juntos. Só Hoje foi feita para você que chega em casa e tudo que quer fazer é apenas olhar para seu bebê e matar a saudade. Hora de cantar Amor Maior, e  cantando O Que Eu Também Não Entendo,  simplesmente confessar : estou aprendendo também. O Vento  pode vir do mar, pode ser um sopro leve no rosto. Uma delícia de balada. Quando chegar a hora de acordar, a brincadeira começa com Encontrar Alguém. Reúna a bebezada! A festa começou! Onibusfobia é cheia de ritmo e ótima para um banho refrescante. Cante Na Moral, batendo palminhas e vendo o sorriso que eles dão para nós. E mesmo que o seu dia tenha sido puxado, encerre tudo com Dias Melhores, na esperança de que nada mais inspirador para nossa vida que um sorriso de criança. O Jota soube fazer isso contigo ao longo de sua vida, agora é a sua vez de apresentar esta grande banda a quem acabou de chegar!
Compartilhe com seus amigos
j Deslize o dedo sobre as capas para ver mais k


i f t